Follow:
Browsing Category:

Universidade & Estudos

    Comportamento & Cotidiano, Universidade & Estudos

    The Most Honest

    the-most-honest-cenasdumaraparigacomplicada

    “Olá pessoal!”, diz ela vindo das profundezas.

    Faz tanto tempo que não publico e só eu sei o mal que isso me tem feito… Porém, nestes últimos tempos, muita coisa se passou, coisas que vocês nem imaginam (quer dizer, imaginam, se me seguirem pelo Twitter – como assim ainda não seguem?!) e é sobre isso que venho falar com vocês hoje, em jeito de justificação, mas principalmente desabafo. E reabro também assim, as publicações frequentes e regulares.

    Para quem não sabe, eu fui operada no dia 20 de Novembro. Antes disso, tentei trabalhar mais dias/horas, para compensar o que ia perder depois da operação. Claro que fiquei mais ocupada, uma vez que dividi o tempo entre os trabalhos da faculdade e o emprego.

    A operação correu bem, entrei de manhã cedo no hospital e à hora do almoço já estava de volta no quarto, depois da cirurgia feita. Foi uma coisa rápida e pequena, apenas para remover um quisto. O que, ao contrário do que alguns pensam, não deixa de ser uma operação e como tal exige os seus cuidados. Para piorar, o local que foi (mesmo no fundo das costas) só me permitia ficar numa posição: deitada de lado. Imaginem passar o dia deitada de lado, ou para o esquerdo ou para o direito e depois ir para a cama dormir e continuar na mesma posição? Ficava com os braços e as pernas dormentes, isto sem falar das alturas em que sentia dores por estar sempre a fazer pressão sobre eles. E pior, nem como como me entreter, a não ser passar o dia todo a ver o que passava na televisão, uma vez que não conseguia estar no computador.

    Mas tudo bem, entretanto já duas semanas se passaram, já consigo dormir de barriga para baixo, o que foi remédio santo, e agora também já me consigo sentar quase sem problemas. E como fui tirar os pontos na sexta já nem tenho nada a afligir-me — agora só tenho medo de fazer alguma coisa e reabrir os pontos, o que eu acho que já nem deve ser possível, mas eu sou muito “coisinha” no que toca a saúde…

    Portanto, durante várias dias eu não tive mesmo como vir aqui ao blog, por ter os trabalhos da faculdade e, posteriormente, a operação. Mas este nem foi o problema maior.

    A realidade é que eu nem tinha inspiração para escrever. Eu tinha ideias, posso mostrar-vos as notas do meu telemóvel cheia de apontamentos para posts, assim como as mais antigas que estão escritas no caderno do blog, mas não estava bem para escrever… E, vocês sabem, já há muito decidi que prefiro deixar desatualizado que vir para aqui “encher chouriços”.

    Já vos tinha dito que não estava gostar do curso onde estava, a Licenciatura em Ciências da Educação, e isso estava a matar toda a minha criatividade e até mesmo a minha alegria. Não gostava das aulas, não gostava do curso e, como tal, também não estava a gostar da projeção do meu futuro. Não tinha uma única motivação para estudar/trabalhar para tirar boas notas e acabar a licenciatura para ter o “canudo”, porque nem sequer das saídas profissionais gostava e não as ia querer exercer.

    Comecei a pensar em alternativas e descobri o mesmo gosto pelo Jornalismo. Na verdade já tinha o bichinho na cabeça, mas por médias de acesso, automaticamente excluía a possibilidade sempre que esta surgia na minha cabeça. Todos os verbos usados no pretérito perfeito, porque, encurtando uma história comprida, beeeeeeeem comprida, decidi que vou tentar mudar para Jornalismo. Irei perder 3 anos (um que fiquei de fora para tentar entrar em Psicologia e mais dois que estive em Ciências da Educação), mas após muita, mas mesmo muita reflexão — e montes de dinheiro gasto em chamadas para a minha faculdade e a faculdade que quero ir, a FLUP — decidi que esta é a melhor opção para mim, entre todas as outras possibilidades.

    É certo que Jornalismo não é um mar de rosas e que vai haver sempre Unidades Curriculares que eu não irei gostar *cof cof* Introdução à Economia *cof cof* mas eu vou querer estar ali, vou gostar de estar ali e, principalmente, vou estar motivada porque eu gosto das saídas profissionais. Não só de uma, mas de várias! É o curso perfeito. Pena é só ter descoberto isso aos 20, quase 21, anos.

    Ao mesmo tempo que isto me deixa entusiasmada, deixa-me triste com a mesma proporção. Primeiro, como já disse, pelo anos que vou perder, mas mais porque eu podia odiar o curso, mas eu adorei andar na FPCEUP e é por essa mesma razão que, se não houver complicações, irei continuar a ser praxista lá e lá continuarei na tuna. É difícil deixar as amizades para trás e nem quero estar a pensar nesse assunto neste momento. O que quero dizer é que não as tenho de deixar para trás, porque vou continuar a lá ir até Setembro, quando, esperançosamente, for colocada em Ciências da Comunicação. E mesmo nessa altura continuarei a ir pela praxe e pela tuna.

    E pronto, é isto que se tem passado na minha vida. Entretanto amanhã vou fazer o exame do curso de inglês que comecei no início deste semestre. Dia 16 será a última aula do curso e, se correr bem, já fico com um certificado de nível, o que é importante no mercado de trabalho de hoje, não acham?

    Prometo que não desapareço tão cedo! <3

    Até à próxima ♥