Follow:
Filmes & Séries & Animes

Eu vi: Focus, John Wick e As Cinquenta Sombras de Grey

Olá pessoas!!

Hoje vou dar-vos a minha opinião sobre três filmes que vi recentemente. O primeiro, Focus, vi no cinema. O segundo, John Wick, e o terceiro, As Cinquenta Sombras de Grey, já vi em casa.

focus-john-wick-e-as-cinquenta-sombras-de-grey-cenasdumaraparigacomplicadaAchei o filme Focus divertido e sexy, com um enredo atraente, que nos mantém agradavelmente entretidos desde o início ao fim. Contudo não passa disso. Assim que o filme acaba, levantamo-nos, saímos da sala de cinema e nunca mais pensamos no assunto. Não deixa, no entanto, de ser uma excelente opção de escolha para ver em casa.

Não consigo perceber exatamente qual era o foco do filme, se era o trabalho de Nicky (Will Smith), ou a relação deste com a sua “aprendiz” Jess (Margot Robbie), mas convínhamos que em relação a este último aspeto o objetivo foi muito bem cumprido, pois a química entre as duas personagens estava perfeita.

O filme não aprofunda muito a história pessoal de cada personagem, exceto a de Nicky, mas, sinceramente? Acho que só partilharam coisas da vida dele para compreendermos algumas das cenas finais do filme (que não vou contar porque não quero ser spoiler). Estas mesmas cenas finais estão concentradas em reviravoltas (que nem sempre fazem sentido), no entanto, todo o filme contém surpresas pelas quais não estávamos à espera. Exceto aquela de o Nicky abandonar a Jess e eles se reencontrarem 3 anos depois, porque esse spoiler, babys… está em todas as sinopses.

Resumindo: Focus é um filme charmoso que mistura humor com romance e crime nas quantidades certas. Não me arrependo minimamente de o ter visto, mesmo que se calhar tivesse preferido ver outro filme no cinema, como por exemplo o John Wick e tivesse deixado este para ver em casa. Gostei e recomendo o/

TRAILER

SINOPSE

Nicky é um experiente burlão que se envolve romanticamente com uma jovem vigarista, Jess. Reconhecendo o seu talento, Nicky dispõe-se a ensinar-lhe os truques do seu negócio, mas quando esta se aproxima demais, ele rompe com ela abruptamente. Três anos depois, Jess ressurge em Buenos Aires envolvida no mundo das altas apostas de corridas de carros. E agora, a antiga aluna vai envolver-se no mais recente, e muito perigoso, esquema de Nicky… para deixar o mestre fora de jogo.

Elenco: Will Smith, Margot Robbie, Rodrigo Santoro, B.D. Wong
Realizadores: Glenn Ficarra e John Requa
Género: Comédia, Crime, Romance
Duração: 105 min.

focus-john-wick-e-as-cinquenta-sombras-de-grey-cenasdumaraparigacomplicadaAi, ai! O que falar sobre este filme? Foi totalmente AWESOME! Opa, não sei! É claro que como todos os filmes de ação, “John Wick” também tem algumas cenas que nós vemos e pensamos «que grande treta! Nunca que ele na vida real faria isto!», mas, a sério, até essas cenas a gente perdoa.

Quando vi o filme e, posteriormente, pus-me a pensar sobre ele, eu achei que o argumento era uma treta, pela razão da vingança não ser suficiente para sustentar o resto do filme, mas não. A realidade é que John era um assassino que tirava vidas apenas para receber valores monetários e abdicou de toda essa vida de crime, onde já tinha construído uma reputação respeitável e um lugar importante, sendo o melhor da sua profissão, para ficar com a mulher, o que mais lhe importava acima de tudo. Depois desta morrer, a Daisy, a cadelinha que a mulher lhe deixou de presente era a sua última memória viva e foi morta pelo mimado do Iosef (que, já agora, é interpretado por Alfie Allen, que também tem o papel de Theon Greyjoy em Game of Thrones, o que nos faz pensar que este ator tem-se especializado em representar personagens petulantes). E vocês pensam que ele não iria reagir? Então vocês acham que um homem que mata apenas para ganhar dinheiro, não vai matar para vingar a cadela – que para mim significa vingar a memória da mulher – que significava tanto para ele? Se eu fosse eu fazia exatamente o mesmo, para além disso, ele agarrou-se à cadela nem que fosse para encontrar um novo sentido para continuar a viver.

Tirando o início que nos envolve no conflito, todo o filme é repleto de ação, com cenas muito bem produzidas e, tal como disse há pouco, com uma banda sonora que não poderia ter sido mais bem aplicada. Se o filme já era bom, a banda sonora deu um toque sublime. Eu não sou pessoa de prestar atenção há banda sonora, juro que não sou, mas neste não teve como eu não reparar.

E no final do filme, quando pensamos que já acabou, dá-se uma pequena reviravolta e uma vingança inicia-se, e temos aquela sensação como quando acaba um concerto, o público pede por mais uma música e a banda acede? That’s the feeling!

Acho que nem preciso de dizer que recomendo a 100%, para quem gosta deste género! Mas por favor, vejam um trailer, porque está mesmo fixe!

(Já agora, ao pesquisar sobre o filme li uma coisa sobre o ator Keanu Reeves, acerca de ele ser incapaz de fazer expressões. Nunca tinha reparado, todavia também não sou propriamente seguidora dos filmes dele. Mas se assim é, o ator foi escolhido na perfeição, já que era isso que o papel de John Wick precisava.)

TRAILER

 SINOPSE

Depois da súbita morte da esposa, John Wick recebe dela uma última prenda, uma beegle chamada Daisy e uma nota implorando-lhe que não esqueça como amar. Mas o luto de Wick é interrompido quando o seu Boss Mustang de 1969 chama a atenção do sádico Iosef Tarasov. Quando se recusa a vendê-lo, Ioseg e os seus homens tomam o assunto entre mãos, roubando o carro de John e matando a última prenda da sua mulher, mas as suas ações acabam por ressuscitar um dos assassinos mais brutais que o mundo jamais conheceu…

Elenco: Keanu Reeves, Michael Nyqvist, Alfie Allen, Willem Dafoe
Realizadores: Chat Stahelski, David Leitch
Género: Ação, Thriller
Duração: 101 min.

focus-john-wick-e-as-cinquenta-sombras-de-grey-cenasdumaraparigacomplicadaPara começar, devo dizer desde já que eu NÃO li o livro. Comecei a ler, mas achei muito chato e parei. Não devo ter avançado mais de 30 páginas (mas não se fiem, porque sempre que eu paro de ler um livro digo que parei cerca de 30 páginas depois, não sei porquê).

A única coisa que posso mesmo comparar com o livro é: que raio de escolha de ator foi esta? Não sei, não curti, não achei que fizesse jus ao Christian Grey do livro – sim, porque ainda li o suficiente para ler a caracterização das personagens. Também, a caracterização aparece logo no início do livro, dado que é a relação deles que o livro retrata… Não posso por as mãos no fogo pelo livro, mas o filme é isso e apenas isso que mostra. Não estava à espera que mostrasse a história de vida de todos os personagens, mas, por favor… Até às cenas que aparece um ou outro com personagens secundárias é para falar da “relação” deles.

Outra coisa, o mediatismo que o filme tinha era justamente pelas cenas de sexo que estão no livro, correto? Sendo assim, nem deviam ter feito o filme, porque já vi outros que nem são considerados eróticos com cenas mais intensas. Mas lá está, como eu não li o livro, por mim não tem problema nenhum, mas se tivesse lido com certeza ficaria frustrada.

Agradeço a mim mesma por não ter ido ao cinema vê-lo! E confesso que nem por isso tenho vontade de ver o próximo (quando sair), mas já sei que verei para poder comparar com o primeiro e porque não gosto de deixar coisas a meio.

Lado positivo do filme: a soundtrack!

Este filme gerou mesmo muita controvérsia, uns adoraram, outros adiaram. E outros ficaram neutros, como eu. Se lerem reviews na internet verão que a maioria fala mal (e bem mal!) do filme, mas acho que só podemos formar uma opinião e concordar ou discordar se o virmos. Então, de qualquer das formas, aconselho a ver. Só não criem muita expectativa à volta dele.

TRAILER

Voltando ao ator que interpreta Christian Grey… O trailer cria um enorme mistério à volta de Christian (não mostrando a cara dele) e faz a expectativa crescer. Conclusão: quase que chorei quando vi quem era o ator, pelas razões acima descritas.

SINOPSE

Anastasia Steele, uma estudante de literatura, vai entrevistar o rico Christian Grey, encontrando um jovem, belo e intimidante homem. A inocente jovem fica surpreendida ao perceber o seu desejo por ele e este também a quer, mas nos seus muito próprios, singulares e controladores termos.

Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Jennifer Ehle
Realizadores: Sam Taylor-Johnson
Género: Drama, Romance
Duração: 125 min.


E vocês, o que acharam destes filmes? Comentem aqui a vossa opinião!!

Até à próxima ♥

Comentários
Previous Post Next Post

♥ Vejam também ♥

4 Comments

  • Reply fiamavsa

    Oi, adorei seu post!! E pude perceber, mais uma vez, que eu preciso atualizar minha lista de filmes rsrsr não conheço nenhum desses :P

    beijos

    fiamavsa.wordpress.com

    19 Maio, 2015 at 20:48
    • Catarina
      Reply Catarina

      Oh, obrigada :D Ahahah,eu também só sei o que anda passando no cinema se houver algum filme que eu queira ir ver ou se pretendo ir ao cinema em pouco tempo, caso contrário, ando muito desatualizada também rsrs

      Beijinhos ^-^

      21 Maio, 2015 at 1:14
  • Reply yasnaya

    Adoro Keanu Reeves e com certeza vou procurar por esse filme, aqui ele não entrou em cartaz, uma pena!!
    O Focus estreou aqui, mas escolhi não ir, nem me lembro a razão, acho que pensei ser mais do mesmo. Mas em casa, de repente assista já que tu falou que fale a pena :)

    Esse Grey com certeza não faz jus ao personagem.
    Eu li os 3 livros, sim sou masoquista.
    História péssima, machista, mas eu gostei do romance.
    O filme é insosso, nada demais.
    A melhor parte sem sombra de dúvidas é a trilha sonora, muito boa mesmo, a parte de Crazy in Love foi a melhor na escolha de cena.

    Bjão

    19 Maio, 2015 at 12:23
    • Catarina
      Reply Catarina

      Com certeza deve procurar pelo John Wick se gosta do Keanu Reeves, eu adorei o filme, sério!
      Bom e é um pouco mais do mesmo, mas é bom para uma tarde passada em casa nas calmas, definitivamente ^^

      Tal como eu falei, não cheguei a ler os 3 livros (nem o primeiro li), mas talvez a culpa também tenha sido minha, porque já antes de começar a ler já sabia de praticamente tudo o que acontece nos 3 livros e via muitas críticas na internet. Acho que essas razões foram o que me levaram a começar a ler o livro, mas quando comecei a achar chato decidi parar porque já sabia que não iria mudar muito. Não sei se fiz bem ou mal, mas não me arrependo e é raro eu começar a ler um livro e não o acabar, mesmo que não esteja gostando.
      Acho que realmente temos a mesma opinião em relação ao filme ahah Acho sinceramente que podiam ter feito algo melhor, mas…

      Beijinhos ^-^

      21 Maio, 2015 at 1:12

    Leave a Reply