Follow:
Livros & Textos

O Tempo Passa

o tempo passa - cenas duma rapariga complicada

Ali está ela, encarando a tela branca do computador, enquanto procura as palavras a escrever. Tomada por um súbito folgo de lucidez, os dedos começam a movimentar-se por vontade própria, sem raciocínio ou lógica, seguindo apenas o coração da mesma. Coração complicado este, não?

Ela sempre soube que um dia voltaria. Não sabia quando, é certo, mas tudo tem o seu tempo. A realidade é que ela também nunca deixou. Verdadeiramente deixou. Apenas deu uma pausa, bem longa. ‘Acontecimentos trágicos têm destas coisas’, pensa a mesma, de sobrancelha erguida, de olho no ecrã, sem nada ver.

Desde a última vez que aqui se encontrara, um universo de episódios estreara. Saíram duas novas e refrescantes temporadas da sua série, especificamente falando. Apesar de tanta mudança e reviravolta, o essencial não mudou. Talvez ela se tenha tornado mais consciente dos problemas da humanidade e estes a afetem de maneira diferente, duma forma diretamente proporcional ao amadurecimento da alma. Amadurecimento, não envelhecimento, pois, coitada, infantil não é, mas certamente continua uma criança.

A evolução mais drástica desta personagem, nas últimas temporadas ainda ocultas ao público, foi o crescimento da sua voz, agora forte e audível, transmissoras da sua opinião cada vez mais forte, porém ponderada.

Ela escreve com vontade, sabendo o que quer. Os seus desejos ultrapassam o abstrato, sendo atualmente tão tangíveis como o cheiro a castanha assada, percorrendo as ruas da baixa tripeira em pleno outono. Agora ela sabe. Agora vai.

Comentários
Previous Post

♥ Vejam também ♥

No Comments

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.